Fale Conosco Expediente Você Repórter Domingo, 20 de Junho de 2021 Whats App: (67) 9 9682-4675
Início Últimas Notícias
Venda da Esperança
Vereadores: José Quintino, Edinho do Master, Nivaldo Nunes e Quinca querem a venda do Parque Industrial
Vereadores que deveriam buscar a instalação de indústrias querem por fim ao desenvolvimento do município com a venda do parque industrial e outras áreas.
28 ABL 2021

Por Da Redação
09:31

Na contra mão da história a Câmara Municipal de Brasilândia em sessão ordinária do dia 12-04 foi aprovado um requerimento de autoria dos vereadores: José Quintino de Souza, Edson Ferreira Costa, Nivaldo Nunes e Joaquim Martos de Moraes solicitando ao prefeito do município Antonio Pádua para que proceda com a venda do Parque Industrial do município, bem como, outras áreas que se encontram sem utilização.

Sabemos que todos os municípios brasileiros sonham com a possibilidade de adquirir áreas para a implantação de parques industriais para a implantação empresas, construção de casas populares, entre outras benfeitorias. Mas os quatro vereadores parecem não saber desse anseio dos demais municípios brasileiros.

Ao invés desses vereadores e representantes do povo estar visitando empresas e mostrando as potencialidades de nosso município para atrair investimento e a geração de empregos para a população eles numa atitude mais cômoda preferem colocar a venda essas áreas decretando dessa forma o fim de qualquer esperança para a vinda de empresas para o município.

Brasilândia hoje tem o infeliz estatus de cidade dormitório, pois os moradores saem para trabalhar em outras cidades onde as industrias estão instaladas como Três Lagoas, Bataguassu, Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo e voltam para dormir. 
As únicas empresas na cidade além das cerâmicas é a Agropecuária AH na zona rural e a Global Engenharia que está instalada no Parque Industrial.
Os jovens quando se formam precisam deixar a “Cidade Esperança” a procura de oportunidades de ganhar a vida devido a escassez de empregos no município.

Brasilândia está localizada em uma região privilegiada, com ligação pela ponte Mário Covas para o maior centro do País que é o Estado de São. Falta apenas visão e vontade política de nossos governantes, que ao meu ver não querem o desenvolvimento e o crescimento da cidade. Preferem que o curral eleitoral fique deste tamanho pois desta forma fica mais fácil ganhar o voto na época da eleição.

Parque Industrial Arara Azul

O Parque Industrial Arara Azul é uma área oriunda das obras compensatórias da CESP no município de Brasilândia na época da então prefeita Marilza Maria Rodrigues do Amaral, e foi oficializado como Parque Industrial Arara Azul na gestão do ex-prefeito Jorge Justino Diogo.

No ato de sua criação junto ao governo do estado no dia 30 de maio de 2016 Jorge Diogo destacou: “o município já possui políticas de incentivos fiscais, através de um programa de desenvolvimento econômico que conta com a doação de áreas prontas para a construção, isenção de IPTU por 10 anos e 100% do ISS da obra, em conformidade com a legislação vigente. “Estamos trabalhando para dar celeridade à constituição desse núcleo.”